Esatas piratas em pauta na Anac

O presidente da Abesata, Ricardo Aparecido Miguel, está em Brasília nesta quarta-feira, 13 de fevereiro, para uma reunião com o Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Anac, Rafael José Botelho Faria. Em pauta, a questão das Esatas piratas, empresas não capacitadas para a prestação de serviços em solo especializados em aviação que estão sendo contratadas por aeroportos e companhias aéreas em todo país, graças aos preços até 30% menores. Miguel vai falar do risco para a operação e também da ameaça financeira que a ausência da presença do Estado representa, especialmente por causa do passivo trabalhista que pode cair no colo das companhias aéreas, aeroportos e seus acionistas.

Em paralelo, o presidente da Abesata vai levar ao Superintendente da Anac uma proposta para que o diretório do setor seja desenvolvido através de uma parceria entre a agência reguladora e a entidade. A última versão é de 2016. 

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.