Aeroporto Internacional de Guarulhos vai restringir a quantidade de líquido que pode ser levado nas bagagens de mão

Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, mudou uma regra para as bagagens de mão, restringindo a quantidade de líquido que pode ser levado dentro do avião em conexões internacionais.Veja também:Apple abre loja no aeroporto de Guarulhos com preços mais baixosAeroporto de Guarulhos fecha acordo para melhorar wi-fi

ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – já proibia líquidos acima de 100 ml nas bagagens de mão em voos internacionais. Agora, a mesma medida será aplicada também para passageiros provenientes de voos fora do Brasil com conexão em Guarulhos para outro destino internacional.

Na prática, a mudança na regra deve afetar, principalmente, os viajantes que fizerem compras no duty free. Anteriormente, era permitido embarcar com bebidas, perfumes e produtos de higiene pessoal na bagagem de mão adquiridos nas lojas do aeroporto. Agora, elas devem ser despachadas.

Por exemplo, um passageiro que esteja vindo de Lima, com conexão no Aeroporto de Guarulhos em São Paulo, e destino final em Washington, EUA, terá que despachar uma garrafa de bebida que tenha comprado no free shop em Lima quando embarcar do Brasil para a capital norte-americana.

A regra foi discutida durante reunião coordenada pelo aeroporto e a ANAC, com as companhias aéreas que atuam no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

A nova determinação foi publicada ontem (3) no Diário Oficial e iniciou sua fase de testes essa semana. A provisão é de que ela seja aplicada oficialmente a partir de junho.

Fonte: Olhar Digital

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.