Latam e SNA negociam redução permanente de salários de tripulantes

Após meses de disputa com a Latam, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) chegou a um acordo para iniciar a negociação da redução permanente de salários dos tripulantes da companhia aérea. A decisão foi tomada na última sexta-feira, dando fim a uma votação interna entre os associados. Na soma dos votos, 65,5% dos comandantes foram favoráveis à negociação, enquanto os copilotos e comissários tiveram um percentual favorável de 65,4% e 55,7%, respectivamente.

Com a decisão, a Latam se torna a primeira empresa no Brasil a negociar a redução permanente dos salários. A Azul e a Gol já haviam negociado uma redução temporária dos salários com seus tripulantes devido a pandemia, no entanto, a Latam solicitou a redução permanente alegando que, por ser mais antiga, possui salários maiores.

Vale ressaltar que a redução permanente de salários é permitida pela Constituição, desde que seja intermediada pelo sindicato da categoria e respeite a base do salário mínimo. Agora, o SNA apresentará a resposta da categoria ao TST, mediador da negociação com a Latam, que encaminhará os próximos passos.

Fonte: Estadão

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários fechados.