Impacto econômico da aviação no Turismo contribuiu com R$ 78 bilhões para o PIB brasileiro em 2022

No Dia Mundial do Turismo, celebrado no último dia 27 de setembro, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) revela que a aviação comercial brasileira e o seu impacto econômico na atividade turística contribuíram com R$ 78 bilhões para o PIB no ano passado, ou o equivalente a 0,8% do PIB brasileiro, segundo estimativa obtida com dados e informações de fontes públicas como a ANAC, IBGE, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Ministério do Turismo, entre outras.

Ainda, sabe-se que as atividades turísticas incentivadas pelo transporte aéreo colaboraram com a geração de mais de 995 mil empregos diretos, indiretos induzidos e catalisados. No quesito salarial, a movimentação foi de R$ 34,2 bilhões no ano passado, o que corresponde a 3,2% da massa salarial do país.

A ABEAR assinou nesta terça (26), em Brasília, o protocolo de intenções do “Conheça o Brasil: Voando”, iniciativa do Ministério do Turismo (MTUR) em parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos (MPOR), com a ABEAR, além das companhias aéreas associadas GOL, LATAM e VOEPASS, mais a Azul. O programa visa estimular as viagens no Brasil, bem como promover maior acesso à aviação civil e à redução do custo operacional das empresas aéreas.

Fonte: ABEAR

Leia também

© 2024 All Rights Reserved.